Émonda Women's

A linha de estrada de produção mais leve da história da Trek

Cada detalhe da linha Émonda, do design do quadro à escolha de cada componente de cada modelo, serve ao mesmo objetivo audacioso: criar a linha mais leve de bikes de estrada de produção jamais oferecida.

Toda a linha Émonda é incrivelmente leve, com sensacional equilíbrio e dirigibilidade ajustado para corrida que elevam o desempenho ao pedalar da Trek a um nível totalmente novo.

  1. Ultra leve Émonda é a mais nova e leve máquina de corridas de estrada, rompendo os limites do que é possível na redução de peso e aumento de desempenho de bicicletas.

  2. Tecnologia OCLV Carbon Ninguém trabalha com carbono melhor do que a Trek. Somente com nosso processo OCLV podemos integrar totalmente um sistema ciclístico completo para criar a bicicleta mais leve do mundo.

  3. Desempenho Ride-tuned A Émonda eleva o desempenho da Trek a um nível totalmente novo. O quadro em OCLV Carbon personalizado para com ajuste para a pedalada oferece o equilíbrio perfeito entre a rigidez e peso.

  4. Garantia vitalícia A Trek apoia a produção de bicicletas de estrada mais leves do globo, com a melhor garantia de todo o mundo.

O que as pessoas estão dizendo

Compare a Émonda SLR8 com outro lançamento de 58 cm Dura-Ace totalmente mecânico deste verão, a S-Works Tarmac 2015, e a Émonda SLR8 custa US$ 800 a menos e é quase 700 g mais leve. Ciclistas que não dão a mínima para a balança podem ficar tão empolgados com a Émonda quanto obcecados por leveza. A Émonda é a bicicleta mais vívida que a Trek jamais fez, combinando uma sensação de estrada brilhante e peso ultrabaixo, sem lançar mão de construções extravagantes nem pesos de quadro "anunciados", mas que não têm sentido prático

ROAD Magazine - Edição 33

A Émonda é uma bicicleta realmente, realmente muito boa. Quando você está no selim, parece que alguém está te empurrando. Os freios são ótimos e eu gostei especialmente do equilíbrio entre o freios dianteiro e o traseiro. Ciclistas de outras equipes estavam até comentando como a bicicleta parecia boa!

Haimar Zubeldia